terça-feira, 19 de abril de 2011

O outro lado do contrabando

Quando eu li essa nota em Zero Hora, pela manhã, logo percebi que nossa cidade e nossas autoridades policiais ficaram em maus lençóis.

Agora, o cinismo é grande e vai ralar com muitas carreiras profissionais, um erro.

É claro que os colegas policiais foram traídos, alguém que sabia os dedurou e só ver quem tinha interesse em enlamear a nossa polícia civil, uma organização sabidamente séria e de cujos quadros policiais nunca se ouviu falar uma linha de falcatrua ou corrupção.

Pessoalmente, eu acho que eles só queriam poupar, fazer uma compra mais barata, sinal de que são limpos e andam com os trocos contados. Não vamos agora fazer carnaval em cima de uma prática que é comum em nossa região.